Vivendo com estilo SEMPRE!
EnglishPortugueseSpanish

Artigos de Luxo Falsificados e Por Que NÃO Comprar?


3 de junho de 2021
às 14:14

Com artigos de luxo falsificados sendo amplamente comercializados na internet, não poderíamos deixar de falar um pouquinho sobre esse tema: o comércio ilegal dos falsifiks ou das réplicas.

Vamos começar respondendo a pergunta que não quer calar: Afinal, por que um artigo de luxo é tão caro?

Mas o que tem de tão valioso numa bolsa Classic Flap da Chanel ou num par de Manolo Blahniks?

Como tudo na vida, a resposta não é simples, pois existem inúmeros fatores que interferem no preço final de um artigo de luxo. Então, vamos conhecer alguns?

Marca

Sim. Você está pagando pelo nome e prestígio social ligados à exibição dos símbolos de status: logomarcas, monogramas, etc.

Bolsa Lady Dior preta.
Bolsa Lady Dior média em Cannage Lambskin. Fonte: Dior.

Seja em um cinto duplo G da Gucci ou numa bolsa Lady Dior, você certamente está pagando pelo valor intangível dessas marcas, quase que como um sentimento muitas vezes criado com anos de história e expertise.

Design

Você já parou para pensar nas horas de trabalho levadas para criar um único item?

Maisons como Dior e Chanel podem passar meses trabalhando no design inovador de uma peça e isso certamente impactará no seu valor de mercado.

Acompanhe um pouco do processo de produção de uma bolsa Saddle da Dior, modelo com formato de sela de cavalo criado em 1999 por John Galliano.

Materiais

A qualidade elevada e a exclusividade dos materiais também aumentam os preços dos bens de luxo.

A famosa grife Louis Vuitton trabalha com couros de altíssima qualidade e isso também afeta o valor final da peça, além da sua durabilidade.

Processo Artesanal

Bolsas como a famosa Birkin da Hermés são feitas à mão por um único artesão que a confecciona do início ao fim, exceto pela etapa de corte dos pedaços de couro que serão utilizados na confecção.

Bolsas Birkin da Hermés.
Bolsas Birkin. Fonte: Hermés.

A mão de obra altamente especializada e as inúmeras horas de trabalho investidas na peça farão com que a mesma tenha seu preço elevado.

Exclusividade

O fato é que com preços altos, artigos de luxo não são amplamente acessíveis e para poder bancar, é necessário ter uma condição financeira confortável, o que não é a realidade de todos.

E é aí que está o apelo dos artigos de luxo falsificados.

Por um preço muito abaixo do mercado, você pode ter aquele símbolo tão desejado para projetar uma imagem de sucesso nos círculos de amizade e redes sociais.

Além de ser uma prática que constitui concorrência desleal com as marcas que de fato produzem aqueles produtos dentro das leis e normas mínimas exigidas, será que precisamos mesmo para sermos felizes aparentarmos riqueza e sucesso dessa forma, financiando a ilegalidade?

Acho que não.

Uma peça bonita que ainda não podemos comprar, talvez se torne um objetivo a ser alcançado ou alguma coisa que vamos admirar, mesmo que a gente não possa comprar.

Estar de bem consigo mesma e segura não pode depender de algo que prejudique outras pessoas.

Fica aí essa reflexão e nos vemos no próximo post.

 

👉 Ficou com alguma dúvida? É só deixar nos comentários que respondemos!

👉 Compartilhe esse post para que mais pessoas também vejam.

 

Postado por Daniela
Estudante de Ciência da Computação, web designer, maquiadora profissional e editora de beleza do SG.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!