Resenha: Depois Daquela Montanha


17 de setembro de 2019
às 10:34

 
Fonte: Amazon
  • Título: Depois Daquela Montanha
  • Título original: The Mountain Between Us
  • Lançamento: 10/10/2016
  • Número de páginas: 304
  • Preço: R$ 35.92

Uma jornalista precisando voltar para casa porque vai se casar no dia seguinte. Um cirurgião dos melhores com cirurgias marcadas, também precisando voltar para casa urgentemente. Uma grande tempestade de neve que fecha o aeroporto e faz com que o caminho dos dois se cruze. Será que fretar um jatinho com esse clima seria a melhor opção?

Depois Daquela Montanha é um livro de Charles Martin que foi publicado há 3 anos atrás e só estou lendo agora. Acabei não assistindo ao filme, mas ainda tenho vontade. Quem sabe um dia que tiver uma folguinha? Será que tem no Netflix? Tomara que sim! 🙏 Se souberem, me contem nos comentários por favor. 😁

Voltando à história, Ben é um médico muito renomado que viajou para um congresso e estava no aeroporto, voltando para casa. Por conta do mau tempo, seu vôo foi cancelado mas ele não podia continuar ali porque seus pacientes e sua família estavam esperando por ele. Ashley é uma jornalista e senta-se perto dele. Ainda mais ansiosa para retornar para casa por conta de seu casamento, no dia seguinte. Por algum motivo, os dois começam a conversar e ela aceita, sem hesitar, a ideia louca de Ben.

Eles conseguem fretar o avião de um senhor muito simpático acompanhado de seu cachorrinho. Bem treinado e acostumado com o mau tempo, o piloto vai bem até que o principal problema é o coração e ele morre de ataque cardíaco! 💔 Mesmo assim, consegue pousar o avião em uma montanha fazendo com que o estrago seja um pouco menor do que se deixasse o avião cair, matando todos. Ben, Ashley e o cachorrinho sobrevivem, mas ficam incomunicáveis.

Com muita vontade de viver e tirá-los de lá, Ben enfrentará o impossível para que consigam sair dali. Além disso, como médico, precisará cuidar de Ashley que está muito machucada e do cachorrinho, apelidado de Napoleão. Os dois então irão buscar uma solução para que consigam sair vivos dali, usando todas as ferramentas possíveis para lidar com a tragédia, até improvisando um meio de transporte com os restos do avião.

Minha opinião

Eu confesso que amei tanto esse livro que o indicaria para todo mundo que conheço, além de destacar vários trechos e colocar no Instagram. A história começa completamente despretensiosa, com duas pessoas que nunca se viram antes, com o mesmo objetivo de voltar para casa. Ambos com personalidades completamente diferentes.

Quando acontece o acidente é que a história se transforma. Daí em diante é um pouco de romance, um pouco de tensão sem saber se irão sair dali com vida e um pouco de angústia na torcida para que consigam.

Para um médico, é legal ver como Ben acha as melhores opções para tratar os ferimentos de Ashley. Com bom senso de humor, ela o faz se abrir e falar um pouco sobre sua vida pessoal, se mostrando uma amiga muito legal que faz piadas quando a dor não está das maiores e ri dos problemas de ambos. Esse livro mostra que mesmo com uma tragédia é possível lidar bem com a dor, seja ela física, emocional ou ambas.

Se interessaram? Então leiam o primeiro capítulo aqui e me digam depois se gostaram nos comentários. Beijos e até a próxima!

Postado por Manuela
Estudante de Jornalismo, apaixonada por livros, música, cinema e viagens e editora de Entretenimento do SG.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!