Tinder: It’s a match!


25 de junho de 2019
às 14:50

Que atire a primeira pedra quem nunca cantou com todas as forças após o término de um relacionamento: “Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também!“.

Com o passar dos anos, os relacionamentos tornaram-se descartáveis. As pessoas já não lutam umas pelas outras em momentos de dificuldade. E, nessa hora, os vilões são os aplicativos “fáceis” de relacionamento. Só fica sozinho quem quer. Afinal até de pijama, você pode escolher um parceiro sem precisar da tão gostosa arte da conquista “cara a cara”.

Também existe o preconceito e a vergonha de quem usa os aplicativos de relacionamento, principalmente com o público feminino. Como muitos acham que ninguém busca um relacionamento sério em apps, ter um perfil em um não é muito bem visto e sendo mulher menos ainda, já que este comportamento não é muito aceito pela sociedade. Mas, desde que o mundo é mundo, relacionamentos sérios e encontros casuais existem não só em aplicativos, mas também na vida real.

Para quem não sabe, um dos aplicativos de relacionamento mais populares é o Tinder. Nele você coloca fotos suas com uma descrição resumida sobre você, localização na qual você gostaria de encontrar um pretendente, sexo desejado, idade e pronto. Para os superficiais o que importa é a aparência, ou seja, as fotos do perfil. Como várias pessoas vêm aderindo ao aplicativo, é possível encontrar tanto pessoas que buscam um relacionamento mais sério, quanto pessoas que só querem diversão. No final, como diz Anitta: “fica tudo bem”. Histórias para contar são sempre bem-vindas numa roda de amigos.😁

Postado por Manuela
25 anos, carioca, ariana, estudante de Jornalismo, apaixonada por livros, música, cinema e viagens e responsável pela coluna de Entretenimento do SG.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!